MULEIDE

ASSOCIAÇÃO MULHER LEI E DESENVOLVIMENTO

flag.gif


Ultima atualização: Qua., 01 Fev. 2017 - 14:34 CAT+00
  
  

Pouco mais de 20 activistas foram capacitados e/ou reciclados em matéria de género e violência. O encontro que decorreu entre os dias 29 e 30 de Maio findo no Centro de Acolhimento da Manhiça, tinha como objectivo promover a equidade género no acesso aos cuidados de saúde através da interligação entre as comunidades, Polícia, Unidades Sanitárias, Serviços de Assistência Jurídica. 

No primeiro dia da formação cuja facilitadora foi Clotilde Malate, oficial de programas da MULEIDE, foram abordados os seguintes temas: Introdução do Tema sobre Género (Compreender o que é Género, Jogos de Papeis entre Homens e Mulheres e Identificar as raízes da Violência Baseada no Género, ainda dentro deste capítulo falou-se sobre a violência baseada no género, tipos de violência e as suas causas).

Um encontro participativo

Já no segundo dia do seminário, falou-se sobre a ligação entre cultura, género, direitos das mulheres, HIV e SIDA, igualmente abordou-se o papel da cultura na prevenção do HIV, como promover a igualdade de género com base na cultura, o papel do género na prevenção do HIV, dinâmicas para envolver estruturas, régulos, líderes tradicionais, religiosos, matronas e médicos tradicionais na mudança de comportamento.

De ressalvar que naqueles dois dias da capacitação, os participantes entre jovens e adultos de ambos os sexos, foram muito participativos, de tal maneira que em cada ponto temático que se tocava constatava-se uma pronta intervenção dos participantes. Foi na sequência dessa forte interatividade que a própria facilitadora Clotilde Malate chegou em algum momento a limitar-se em ouvir a troca de ideias entre os participantes.

 “Nós vamos replicar o que aprendemos aqui lá no campo”

Com efeito, no momento de fazer o balanço dos dois dias do seminário, os participantes foram unânimes em afirmar que muito aprenderam durante a capacitação e sentiram-se mais comovidos pelos temas agendados para aquele encontro.

“Nós vamos replicar o que aprendemos aqui lá no campo, de facto há muito que se falar em torno do género e violência doméstica. E como não poderíamos estar todos aqui nesta formação, vamos fazer chegar estes conhecimentos aos demais”, elaboraram os participantes.

De referir que esta capacitação que teve lugar no Centro de Acolhimento da Manhiça, foi da iniciativa da Associação Mulher, Lei e Desenvolvimento (MULEIDE) em coordenação com a We Effect, seu parceiro.

Sida_2.png

Pensamento do dia

Não se vanglorie do que sabe, mesmo que seja um sábio. orgulho e elevação espiritual não são conciliáveis ”

- Autor Desconhecido 

SFbBox by casino froutakia

O que acha do site?

Galeria

Parceiros

  • a.png
  • b.png
  • c.png
  • d.png
  • f.png
  • g.png
  • h.png
  • i.jpg
  • j.png
  • oxfam_logo.png
  • safaid.png
  • usa_logo.png

   

  Copyright © Muleide 2015. Todos Direitos Reservados. Implementado por Oldemiro Naiene & Valdo Wate