MULEIDE

ASSOCIAÇÃO MULHER LEI E DESENVOLVIMENTO

flag.gif


Ultima atualização: Qua., 01 Fev. 2017 - 14:34 CAT+00
  
  

No âmbito das celebraçõesdo dia Internacional da Mulher que se assinalou  no passado dia 8 de Março, a Actionaid em parceria com a Muleide, Fórum Mulher, Amudeia e outras organizações não governamentais locais, que advogam pelos direitos das mulheres, organizaram uma marcha na vila sede da Manhiça sob o Lema “ Igualdade para as Mulheres é progresso para Todos ”.

 

A mesma tinha como objectivo principal intensificar a luta pela igualdade de género, e a protecção dasmulheres contra violência baseada no Género.

A marcha teve como local de início a ponte da entrada da Vila da Manhiça até a praça, e depois prosseguiu ate Chibutituine onde decorreram as cerimónias centrais, que culminaram com assinatura e entrega do Banner as autoridades locais como forma de comprometimento na luta pela igualdade de Género.

Falando naquela ocasião o Presidente do Conselho Municipal da Vila da Manhiça, afirmou que a mulher joga um papel importante na sociedade e acrescentou que o governo municipal lutará para que a está se sinta cada vez mais valorizada, a título de exemplo, o governo municipal disse que dos 21 projectos que serão abrangidos que pelos fundos de apoio a projectos distritais, 10 são para associações de mulheres, o que significa o comprometimento que o governo municipal e distrital assume na luta pelo equilíbrio de Género.

Para Clotilde Malate, representante das organizações da SociedadeCivil (OSC) disse que “ apesar dos esforços da mulher na sociedade, nós sentimentos um recuo em termos da proposta de igualdade, por exemplo, quando falamos da participação política das mulheres. Na legislatura passada tínhamos uma percentagem de mulheres mais ou menos daquilo que o protocolo da SADC propõe (que era atingir equilíbrio de género até 2015), no entanto, agora reduziu cerca de 13% o número de mulheres com assentos na assembleia da República e não só, temos uma redução também a nível do Governo, comparados com o governo cessante.

Não queremos só o aumento de número de mulheres, mas queremos mulheres com capacidade de liderança, com capacidade de influenciar decisões em prol do desenvolvimento do país, da mulher e da criança”, enfatizou a representante da OSC.

 

Ainda na ocasião da celebração da efeméride  Malate reiterou que “estamos aqui hoje para celebrarmos o dia 8 de Março, que para nós mulheres moçambicanas significa muito, toca a todas nós como Mulheres e acreditamos que toca também a todos os Homens conscientes deste nosso belo Moçambique pois, a nossa Luta, pela Igualdade, Justiça e dignidade Humana e sobretudo pela Igualdade de Direitos e oportunidades entre Homens e Mulheres ainda é uma miragem em Moçambique.

A Representante da OSC terminou seu discurso repudiando actos de violência baseada no género “uma vida sem violência é um direito de todas as mulheres”.

Elisa Comé

 
 
Sida_2.png

Pensamento do dia

Não se vanglorie do que sabe, mesmo que seja um sábio. orgulho e elevação espiritual não são conciliáveis ”

- Autor Desconhecido 

SFbBox by casino froutakia

O que acha do site?

Galeria

Parceiros

  • a.png
  • b.png
  • c.png
  • d.png
  • f.png
  • g.png
  • h.png
  • i.jpg
  • j.png
  • oxfam_logo.png
  • safaid.png
  • usa_logo.png

   

  Copyright © Muleide 2015. Todos Direitos Reservados. Implementado por Oldemiro Naiene & Valdo Wate